6 de fev de 2013

Filme - 10 Animações Favoritas

Hey!

Como minhas críticas cinematográficas não são lá das melhores, resolvi fazer algumas listas de filmes favoritos - ou não - para ficar entre uma crítica e outra... Então vamos lá! Essa é sobre as minhas 10 animações favoritas:

  • 10° lugar: Aladdin:
Aladdin
EUA, 1992 - 90 min.
Animação.

Direção:
John Musker, Ron Clements.

Roteiro:
John Musker, Ron Clements.

Elenco:
Robin Williams, Frank Welker, Jack Angel, Corey Burton, Jim Cummings, Jennifer Darling, Debi Derryberry.

Sinopse: Após o sultão ordenar que sua filha, a princesa Jasmine, ache um marido rapidamente, ela foge do palácio. Jasmine encontra um tipo meio malandro, Aladdin, que conquista seu coração. Porém ambos são achados pelos guardas de Jafar, o vizir do sultão. Jafar criou um feitiço para dominar o sultão, se casar com Jasmine e se tornar ele mesmo o sultão. Além disto finge que cometeu um engano e mandou decapitar Aladdin, que na verdade está vivo, pois Jafar precisa dele para conseguir uma lâmpada mágica, que é a morada de um poderoso gênio. Mas o plano de Jafar falha, pois Aladdin fica com a lâmpada graças a intervenção de um pequeno macaco, Abu, seu fiel mascote. Quando descobre que há na lâmpada um gênio poderoso, que pode se transformar em qualquer pessoa ou coisa e que lhe concederá três desejos, Aladdin planeja usá-los para conquistar Jasmine, sem imaginar que Jafar é um diabólico inimigo, que precisa ser detido.

Representando a velha, porém linda lista de filmes da Disney, Aladdin é o meu favorito. Pode parecer uma escolha incomum, mas fala sério: Tem como não amar o Gênio?
Além disso, a história se passa na Arábia. Sério, é muito amor! *---*
  • 9° lugar: Monstros S.A.:
Monsters, Inc 
EUA, 2001 - 92 min.
Animação.

Direção: 
Pete Docter, David Silverman.

Roteiro: 
Andrew Stanton, Daniel Gerson.

Elenco: 
John Goodman, Billy Cristal, Steve Buscemi.

Sinopse: Monstros S.A. é a maior fábrica de sustos existente. Localizada em uma dimensão paralela, a fábrica constrói portais que levam os monstros para os quartos das crianças, onde eles poderão lhes dar sustos e gerar a fonte de energia necessária para a sobrevivência da fábrica. Entre todos os monstros que lá trabalham o mais assustador de todos é James P. Sullivan, um grande e intimidador monstro de pêlo azul e chifres, que é chamado de Sully por seus amigos. Seu assistente é Mike Wzowski, um pequeno ser de um olho só com quem tem por missão assustar as crianças, que são consideradas tóxicas pelos monstros e cujo contato com eles seria catastrófico para seu mundo. Porém, ao visitar o mundo dos humanos a trabalho, Mike e Sully conhecem a garota Boo, que acaba sem querer indo parar no mundo dos monstros e provoca a expulsão de ambos para o mundo real.

Nenhum filme marcou mais a infância da maioria das pessoas da minha idade do que Monstros S.A.. Posso assistir 325 vezes e vou continuar achando bonitinho.
Apenas uma palavra para vocês: "Boo!"
  • 8° lugar: Meu Malvado Favorito:
Despicable Me 
EUA, 2010 - 95 min.
Animação/Infantil.

Direção: 
Pierre Coffin, Chris Renaud.

Roteiro: 
Ken Daurio, Cinco Paul.

Elenco: 
Steve Carell, Jason Segel, Russell Brand, Kristen Wiig, Julie Andrews, Will Arnett, Danny McBride, Jemaine Clement, Miranda Cosgrove, Jack McBrayer, Mindy Kaling, Ken Jeong.

Sinopse: A pirâmide de Gizé foi roubada, sendo substituída por uma imensa réplica a gás. O feito é considerado o roubo do século, o que mexe com o orgulho de Gru. Desejando realizar algo ainda mais impressionante, ele planeja o roubo da Lua. Para tanto conta com a ajuda dos mínions, seres amarelados que trabalham como seus ajudantes, e do dr. Nefario, um cientista. Só que para realizar o roubo terá que tomar de Vetor, o ladrão da pirâmide, um raio que consegue diminuir o tamanho de tudo que atinge. Sem conseguir invadir a fortaleza de Vetor, Gru encontra o plano perfeito quando vê as três órfãs Margo, Agnes e Edith entrarem no local para vender biscoitos. Ele então vai ao orfanato e resolve adotá-las. Só não esperava que, aos poucos, fosse se afeiçoar às irmãs.

Apenas uma palavra: Minions!!!!!! Ah, fala sério! Tem coisa mais fofinha do que esses minions? Não, não tem. "They're so fluffy I'm gonna die!!!!!!!"

  • 7° lugar: O Estranho Mundo de Jack:
The Nightmare Before Christmas
EUA, 1993 - 76 min.
Animação.

Direção:
Henry Selick.

Roteiro:
Caroline Thompson, Michael McDowell, Tim Burton.

Elenco:
Chris Sarandon, Danny Elfman, Catherine O'Hara, William Hickey, Paul Reubens.

Sinopse: Jack Skellington é um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas. Lá todos passam o ano organizando o Halloween do ano seguinte mas, após mais um Halloween, Jack se mostra cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta. Por acaso acha alguns portais, sendo que cada um leva até um tipo festividade. Jack acaba atravessando o portal do Natal, onde vê demonstrações do espírito natalino. Ao retornar para a Cidade do Halloween, sem ter compreendido o que viu, ele começa a convencer os cidadãos a sequestrarem o Papai Noel e fazerem seu próprio Natal. Apesar de argumentos fortes de sua leal namorada Sally contra o projeto, o Papai Noel é capturado. Mas os fatos mostrarão que Sally estava totalmente certa.

Como fã de carteirinha do Tim Burton vocês já deviam estar até estranhando eu não ter citado nada dele ainda, certo? Pois é, acontece que O Estranho Mundo de Jack não é do Tim Burton. Nesse ele é apenas produtor, mas conta mesmo assim... Hahaha
De qualquer forma, essa animação tem características que sempre estão presentes no filmes do próprio Time Burton: E é bem fofinho, engraçado e um tanto quanto macabro... Mas eu gosto. *-*

  • 6° lugar: Ratatouille:
Ratatouille
EUA, 2007 - 110 min.
Animação/Comédia.

Direção:
Brad Bird.

Roteiro:
Brad Bird.

Elenco:
Patton Oswalt, Ian Holm, Lou Romano, Brian Dennehy, Peter Sohn, Peter O'Toole, Brad Garrett, Janeane Garofalo.

Sinopse: Paris. Remy é um rato que sonha se tornar um grande chef. Só que sua família é contra a idéia, além do fato de que, por ser um rato, ele sempre é expulso das cozinhas que visita. Um dia, enquanto estava nos esgotos, ele fica bem embaixo do famoso restaurante de seu herói culinário, Auguste Gusteau. Ele decide visitar a cozinha do lugar e lá conhece Linguini, um atrapalhado ajudante que não sabe cozinhar e precisa manter o emprego a qualquer custo. Remy e Linguini realizam uma parceria, em que Remy fica escondido sob o chapéu de Linguini e indica o que ele deve fazer ao cozinhar.

Como não amar o ratinho mais fofo do mundo? Não tem jeito.
Remy é uma gracinha, mesmo quando está mudo, e mora na cidade mais linda, perfeita e fotogênica que existe: Paris. *-*
E claro, a história é muito fofa. Fala sobre realização de sonhos e todo o resto que a Disney sempre ensina. Enfim... Eu ainda tenho - e sempre terei - alma de criança. <3

  • 5° lugar: Como Treinar Seu Dragão: 
How to Train Your Dragon
EUA, 2010 - 90 min.
Animação.

Direção:
Chris Sanders, Dean DeBlois.

Roteiro:
Chris Sanders, Dean DeBlois.

Elenco:
Jay Baruchel, Gerard Butler, America Ferrera, Jonah Hill, Christopher Mintz-Plasse, Craig Ferguson, Kristen Wiig, T.J. Miller.

Sinopse: Na ilha de Berk, os vikings dedicam a vida a combater e matar dragões. Soluço, filho do chefe Stoico, não é diferente. Ele sonha em matar um dragão e provar seu valor ao pai, apesar da descrença geral. Um dia, por acaso, ele acerta um dragão que jamais foi visto, chamado Fúria da Noite. Ao procurá-lo, no dia seguinte, Soluço não consegue matá-lo e acaba soltando-o. Só que ele perdeu parte da cauda e, com isso, não consegue mais voar. Soluço passa a trabalhar em um artefato que possa substituir a parte perdida e, aos poucos, se aproxima do dragão. Só que, paralelamente, Stoico autoriza que o filho participe do treino para dragões, cuja prova final é justamente matar um dos animais.

Vikings e dragões. Existe combinação mais perfeita? Claro, se você ignorar o fato de que pode ser um tanto quanto explosiva também.
De qualquer forma, Banguela - esse lindo e fofo dragão preto do pôster - é muito engraçadinho, e fez o filme entrar na minha lista de animações favoritas.
Além disso, a história é bem bolada e tem um final muito... Só assistindo para saber. *---*
Só eu estava sentindo falta de algum filme da Dream Works?

  • 4° lugar: Up:
Up 
EUA, 2009 - 96 min.
Animação/Aventura.

Direção: 
Pete Docter e Bob Peterson.

Roteiro: 
Bob Peterson.

Elenco: 
Christopher Plummer, Edward Asner, Jordan Nagai.

Sinopse: Carl Fredricksen é um vendedor de balões que, aos 78 anos, está prestes a perder a casa em que sempre viveu com sua esposa, a falecida Ellie. O terreno onde a casa fica localizada interessa a um empresário, que deseja construir no local um edifício. Após um incidente em que acerta um homem com sua bengala, Carl é considerado uma ameaça pública e forçado a ser internado em um asilo. Para evitar que isto aconteça, ele enche milhares de balões em sua casa, fazendo com que ela levante vôo. O objetivo de Carl é viajar para uma floresta na América do Sul, um local onde ele e Ellie sempre desejaram morar. Só que, após o início da aventura, ele descobre que seu pior pesadelo embarcou junto: Russell, um menino de 8 anos.

De um coisa você pode ter certeza a respeito desse filme: Up faz até os mais coração de pedra chorarem.
É uma gracinha, apenas isso. Não conheço ninguém que assistiu e não gostou nem um pouquinho.
Esse é aquele tipo de filme que você assiste uma vez só, porque se assistir de novo, sabe que vai chorar. É!

  • 3° lugar: A Noiva Cadáver: 
Corpse Bride
EUA, 2005 - 77 min.
Animação.

Direção:
Tim Burton, Mike Johnson.

Roteiro:
Caroline Thompson, John August, Pamela Pettler.

Elenco:
Johnny Depp, Helena Bonham Carter, Emily Watson, Tracey Ullman, Albert Finney, Richard E. Grant, Christopher Lee, Michael Gough.

Sinopse: Em um vilarejo europeu do século XIX vive Victor Van Dorst, um jovem que está prestes a se casar com Victoria Everglot. Porém acidentalmente Victor se casa com a Noiva-Cadáver, que o leva para conhecer a Terra dos Mortos. Desejando desfazer o ocorrido para poder enfim se casar com Victoria, aos poucos Victor percebe que a Terra dos Mortos é bem mais animada do que o meio vitoriano em que nasceu e cresceu.

Cá está o meu filme de animação favorito, que é dirigido pelo Tim Burton pelo menos.
Além disso, A Noiva Cadáver contem o trio que já fez mais filmes que qualquer outro trio: Johnny Depp, Helena Bonham Carter e Tim Burton - se você desconsiderar qualquer tipo de saga e série. Fala sério! Muito amor para um filme só.
E como eu havia dito no 7° colocado, aqui estão presentes as características marcantes em praticamente todos os filmes do Tim: o macabro, o fofinho e o engraçado, tudo junto com algo bem colorido. <333

  • 2° lugar: Coraline: 
Coraline 
EUA, 2009 - 101 min.
Animação/Fantasia.

Direção:
Henry Selick.

Roteiro:
Henry Selick.

Elenco: 
Dakota Fanning, Teri Hatcher, Jennifer Saunders, Dawn French, Keith David, John Hodgman.

Sinopse: Entediada em sua nova casa, Caroline Jones  um dia encontra uma porta secreta. Através dela tem acesso a uma outra versão de sua própria vida, a qual aparentemente é bem parecida com a que leva. A diferença é que neste outro lado tudo parece ser melhor, inclusive as pessoas com quem convive. Caroline se empolga com a descoberta, mas logo descobre que há algo de errado quando seus pais alternativos tentam aprisioná-la neste novo mundo.

Sério, não tem como não amar Coraline! É um dos filmes mais lindos visualmente que eu já vi.
Mas não é apenas isso. O roteiro é bem feito, os personagens bem construídos e é adaptado do livro do Neil Gaiman. Além disso, Colarine tem o mesmo diretor do 7° colocado: O Estranho Mundo de Jack. <33333
Lindo, lindo e lindo! Vale muito a pena assistir. *-----*

  • 1° lugar: 9: 


EUA, 2009 - 79 min.
Animação/Aventura.

Direção: 
Shane Acker.

Roteiro: 
Shane Acker, Pamela Pettler.

Elenco: 
Elijah Wood, Jennifer Connelly, John C. Reilly, Crispin Glover, Martin Landau, Christopher Plummer, Fred Tatasciore.

Sinopse: Em um mundo devastado pela ganância do homem, sobraram apenas máquinas e estranhos bonecos de tecido. 9 desperta no laboratório de seu criador e, desorientado, deixa o local. Ele encontra 2 (Martin Landau), que o conserta para que possa também falar. Logo ambos são atacados por uma máquina, que leva 2 como prisioneiro. 9 encontra outros bonecos, que o levam para seu esconderijo. Lá ele conhece 1, líder dos bonecos, que prega que eles devam se esconder até que as máquinas deixem de funcionar. Só que 9 deseja resgatar 2 e tenta convencer outros bonecos a ajudá-lo em sua missão.

Quem acompanha o blog há pelo menos um tempinho, sabe que eu A-M-O 9. É uma das animações mais perfeitas que existe. Juro!
E o que faz 9 ser mais perfeito do que já é? O simples motivo de ter sido uma produção independente. Sim! É inacreditável, não?
Shane Acker teve talento o suficiente para ser apadrinhado por nada mais, nada menos do que Tim Burton, e foi por isso que eu acabei conhecendo 9. E, posso dizer valeu a pena.
9 merece com toda a certeza o primeiro lugar. Não que eu ame menos Tim Burton, mas esse filme tem seus méritos que devem ser levados em consideração. Enfim, se você ainda não assistiu: CORRE!


2 comentários:

  1. Adorei a listinha Nathi! (:
    E sem dúvida alguma, até os corações de pedra choram em UP! hahaha
    Beijos
    Rafa-E+L

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! :)
      Up é realmente muito emocionante. :')

      ;**
      Nathi.

      Excluir