24 de jul de 2012

Resenha - Starters

Starters
Lissa Price
Editora Novo Conceito

Sinopse: Callie perdeu os pais quando a Guerra dos Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha.
A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Beverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Velho. Ele contrata adolescentes para alugar seus corpos aos Enders — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o que parecia ser a solução é apenas o começo de grandes descobertas... E Callie terá que lutar para tentar sobreviver.


------------------------------------------------------

Imagine-se em um mundo onde todas as pessoas entre 20 e 60 anos não existe mais. Difícil, não?
Agora imagine que você não tem ninguém mais no mundo, afinal seus pais morreram e seus avós também. E para piorar um pouco mais: ninguém com menos de 19 anos pode trabalhar. Essa é a vida de Callie Woodland.
Sua única esperança é se candidatar a um trabalho em uma impressa de origem um pouco duvidosa, a Prime Destinations, onde seu corpo será ocupado por alguém que está disposto a pagar um preço bem salgado para viver alguns dias de adolescente novamente.
Os dois primeiro aluguéis saem como o planejado e resta apenas um para que Callie receba seu pagamento e possa ter uma vida melhor com seu irmão - que está doente - e seu amigo Michael. Mas algo sai errado no último aluguel, e Callie precisa se decidir, e rápido, pois o tempo está acabando.

------------------------------------------------------

Apesar da capa um tanto perturbadora e ao mesmo tempo linda, Starters é um ótimo livro.
Tudo começa com uma guerra no Pacífico - que de pacífico não tem nada - e como recurso final, o inimigo lança uma "bomba de esporos" que mata todos com idade entre 20 e 60 anos. Aí você pensa: Só sobraram crianças, adolescentes e idosos que não vão conseguir cuidar dos mais novos; certo? Mas a ciência avançou nesse sentido. Não, ninguém é imortal, mas as pessoas vivem até os 200 anos. Lindo, né? Errado de novo, porque os menores de 18 anos não podem trabalhar, e os que não tem a sorte de ter parentes Enders - esses idosos com mais de 61 anos - que estejam dispostos a adotá-los vivem de sobras dos outros. É, não está mais tão lindo assim.
A única esperança de Callie é uma impressa um tanto quanto duvidosa, a Prime Destinations, que aluga o seu enxuto corpinho de adolescente para idosos em busca de um pouco de aventura, mas com alguma exceções é claro, como por exemplo: um inquilino não pode matar, pular de bungee jumping, asa delta ou no caso de uma inquilina, ficar grávida. A não ser, é claro, que você queira pagar uma multa para lá de astronômica.
Os dois primeiros alugueis correm perfeitamente. Um de apenas um dia e outro de uma semana. Após o 3° aluguel - que será o mais longo de todos, com a duração de um mês, Callie receberá seu belo e gordo pagamento e viverá feliz para sempre com seu irmão e seu "amigo" Michael, mas as coisas não sabem beeeem como o planejado e nossa adorável mocinha se vê entre a cruz e a espada após receber um aviso:

"Escute... importante... Callie... não volte à... Prime Destinations."
Página 90.

O que fazer? Para onde ir? E como se já não fosse o bastante - NUNCA é o bastante nos livros - Callie conhece o misterioso porém lindo Blake.
Depois que Callie conhece o nosso lindo mocinho, eu me senti no meio do livro da Cinderela, afinal, a gata borralheira conhece o príncipe encantado e tornasse a princesa, esquecendo de todos os seus problemas, ou pelo menos passando a deixá-los em segundo plano.
Tudo bem, em nenhum momento Callie se esquece de seu irmão Tyler e de seu amigo Michael, mas ela passa a deixar a doença de Tyler e o fato de ele estar dormindo no chão duro enquanto ela se afoga em um mar de travesseiros e lençóis macios, em segundo plano, priorizando seu momento Cinderela com Blake.
De qualquer forma, todo o mundo criado pela autora é muito realista e eu adorei o modo como ela descreve as situações e os locais.
Apesar da frase da Kami Garcia - autora de Dezesseis Luas - não se engane: além de Jogos Vorazes e Starters serem distopias, não há muita coisa em comum entre os dois livros.
Os personagens de Starters são bem construídos e com a narrativa em primeira pessoa, temos uma melhor percepção de todos os sentimentos e aflições de Callie.
De todos os personagens presentes no livro um dos meus favoritos é Tyler. Apesar de todas as dificuldades que ele e sua irmã passaram durante o período que viveram nas ruas, fugindo de todos os perigos e se alimentando muito mal, ele continua sendo um doce de pessoa. Carismático, ele conseguiu me cativar em apenas poucas páginas e eu me sentia meio aflita quando ele não aparecia.

"Ele pegou a estatueta e a aninhou nos braços. Embora provavelmente pesasse mais de um quilo, ele insistiu em carregá-la onde quer que fosse. Quando eu o coloquei  na enorme cama [...], ele ainda tinha a estatueta nas mãos, determinado a dormir com ela. Eu a deixei na mesa de cabeceira, bem perto de seu rosto."
Página 347.

Em todas as suas 367 páginas, todos os acontecimentos que eu esperava aconteceram, mas nas últimas páginas um grande gancho é revelado deixando um belo espaço para o segundo livro, Enders. Eu realmente espero que não demore muito para ser lançado por aqui, afinal eu preciso saber o vai acontecer a seguir.

Com um enredo envolvente e um mundo distópico totalmente crível, Lissa Price consegue passar sua mensagem com uma leitura rápida e prazerosa nos deixando eufóricos para o livro seguinte. Leitura mais do que recomendada.

Nota:

2 comentários:

  1. Eu quero muito ler esse livro! Preciso dele logo!! hahah
    Adorei a resenha, parabéns!

    Beijinhoos,

    Rafa-@EuMaisLivros
    http://blogeumaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não tenho palavras para demonstrar como eu quero esse livro!
    De verdade, estou muito ansiosa para tê-lo em minhas mãos... adorei a resenha, só me deixou com muito mais vontade! *---*

    Estamos com resenha fresquinha no blog, dá uma passada lá n_n
    http://buttercupdegalocha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir