9 de jul de 2012

Resenha - A Maldição da Pedra

A Maldição da Pedra
Cornelia Funke
Editora Cia. das Letras

Sinopse: Jacob Reckless descobriu um mundo mágico, escondido atrás de um espelho do escritório do pai, um lugar em que fadas, bruxas, unicórnios e tritões convivem com seres humanos e no qual os aspectos mais sombrios dos contos de fadas se tornam realidade. É lá que Jacob vai passar a maior parte do tempo, longe do seu irmão mais novo, Will.
Muitos anos depois, Will descobre a passagem e segue o irmão. Mas lá, no Mundo do Espelho, acaba sendo atingido por uma maldição: aos poucos se transformará em uma criatura terrível, com pele de jade.
Nessa terra cheia de perigos, Jacob finalmente percebe o quanto o irmão caçula significa para ele, e vai precisar usar toda a sua esperteza, coragem e espírito de aventura para reverter o feitiço, antes que seja tarde demais.

---------------------------------------------------------

Logo depois que John Reckless desaparece, seu filho mais velho, Jacob, descobre um espelho no escritório do pai que leva para um fantástico mundo chamado Mundo do Espelho. E assim, Jacob praticamente abandona seu irmão Will do outro lado do espelho.
Porém, Will também encontra a passagem e é vítima de uma terrível maldição: em pouco tempo ele será o famoso goyl de jade e os soldados do rei de pedra tentam a todo custo localizá-lo, enquanto seu irmão, Fux e Clara - namorada de Will - tentam encontra um antídoto para essa maldição.
Essa equipe consegue?
E quais são as consequências de seus atos?

---------------------------------------------------------

Eu me deparo muitas vezes com aquele tipo de livro que divide muito seus leitores. Uns amam, outros odeiam. E antes mesmo de começar a ler A Maldição da Pedra eu vi pessoas falando que algumas pessoas odeiam os livros da Cornelia. E eu acabei começando a ler o livro com o pé atrás e eu me surpreendi bastante ao terminar a leitura e constatar que eu simplesmente adorei esse livro.
Em um mundo completamente diferente do nosso, onde anões são homenzinhos fortes o suficiente para entortarem barras de ferro com as mãos e um tanto quanto interesseiros e unicórnios são do mal, Jacob Reckless sai em busca de uma forma de livrar seu irmão da terrível Maldição da Pedra criada pela Fada Escura.
Tudo começa com a grande genialidade de Will, irmão mais novo de Jacob, que descobre a passagem para o mundo do espelho e é ferido por um goyl - seres lindos, só que ao contrário, que tem pele de pedra e não se lembram nem de quem são quando a transformação se completa. Aí a corrida contra o tempo começa, afinal Jacob precisa descobrir o mais rápido possível como reverter essa maldição - e diga-se de passagem, não é uma tarefa nada fácil.
Na companhia de Fux - uma garota que utiliza uma pele que a faz se transformar em uma raposa -, Clara, namorada de Will e o próprio irmão, eles atravessam o Mundo do Espelho em busca de um antídoto.
E pode-se dizer que esse mundo não é nem um pouquinho convencional. Parece uma colcha de retalhos literária, reunindo todas as histórias do tipo Branca de Neve e Cinderela em um único lugar.
Apesar de ser um livro muito bem construído, eu senti falta de romance durante a leitura.Tudo bem que esse definitivamente não é um livro que foque no amor entre casais, mas sim no amor fraternal, mas eu esperava mais disso antes de começar a leitura. Mesmo assim é perceptível o gancho no quesito romance para o próximo volume da série - Fearless.
E exatamente por fazer parte de uma série, o final de A Maldição de Pedra é perfeito e irritante ao mesmo tempo. A história que nos foi apresentada no começo - Will virando um goyl e a corrida para encontrar um antídoto - foi bem finalizada, mas as consequências dessa finalizam irritam profundamente, porque deixam o leitor extremamente curioso a respeito do que vem a seguir. Além disso o grande mistério inicial - o que aconteceu com o pai de Jacob e Will - foi apenas citado, o que pode acrescentar mais um livro à série.
A primeira coisa que realmente me conquistou foi a capa. Ela é metalizada e mais bonita ainda ao vivo. Depois a diagramação. No começo de cada capítulo existe uma ilustração linda e que ilustra muito bem o que nos espera no capítulo. Uma coisinha a respeito da capa me deixou incomodada: ela não tem muito haver com o livro. Excetuando a cor verde, esse castelo não é nem um pouco parecido com o castelo principal. As outras três capas que eu encontrei - vou colocá-las no final da postagem - são bem melhor e tem muito mais haver do que essa.
Será que é possível gostar de um personagem que nem mesmo aparece efetivamente em um livro? Se é ou não eu não faço ideia, mas eu gostei muito do pai de Jacob. Inteligente e um excelente engenheiro, depois de uma boa dose de chá-de-sumiço não deu as caras o livro todo. Mas me conquistou pelo seu jeito e suas marcas ao longo do livro - basta ler para saber sobre que marcas estou falando.
Além de John Reckless, eu fiquei perdidamente apaixonada pelo anão Evenaugh Valiant. Muito mal-humorado e bastante interesseiro, o anão deixou o livro consideravelmente mais engraçado. E eu realmente espero encontrá-lo novamente no próximo livro.
Se você adora um bom conto de fadas com algumas mudancinhas, A Maldição da Pedra é o livro perfeito para você.

Essas três capas têm muita relação com vários elementos do livro.
E eu adorei a primeira e a última.

Nota:

2 comentários:

  1. eu só li Coração de Tinta da Cornelia e gostei bastante. O único defeito dele pra mim foi ter sido longo demais e ter dado muitas voltas pra atingir um resultado óbvio - uma coisa meio novelística. Mas a história é tão criativa que sob muitos aspectos ela compensa. Acho que esse livro deve causar em mim o mesmo efeito: vai ser um pouco irritante, mas toda a criatividade e a própria narrativa vão bastar pra me manter envolvida. E definitivamente está na minha wishlist :)
    Beijinhos ^^

    ResponderExcluir
  2. BANALIDADE

    Sob a mira de um revolver
    A vida testemunha
    Seus últimos instantes.
    O gatilho dispara,
    Enquanto um corpo em câmera lenta,
    Despenca sobre uma poça de estatística.

    (Agamenon Troyan)

    ResponderExcluir