14 de jan de 2012

Resenha - Ainda não te disse nada

Ainda não te disse nada
Mauricio Gomyde
Editora Porto 71

Sinopse: "Ninguém mais escreve cartas hoje em dia", Marina pensava. Até que um dia uma caiu em suas mãos por engano e mudou o rumo de sua vida. Levou-a ao lugar que ela sempre sonhou. E a conhecer o amor do jeito que nunca imaginou, da forma mais improvável do mundo...








 -----------------------------------------------------

Marina trabalha em uma agência dos correios, e percebe que ninguém mais manda cartas. Todos acreditam que os correios servem para despachar encomendas e pagar contas. Ninguém mais vive o romance a distância como antigamente.
Um dia, ela descobre que sua teoria está errada e uma bela jovem ruiva aparece, no primeiro lugar da fila para postas cartas com um enorme sorriso no rosto. A partir daí tudo começa a mudar.
Certo dia seu chefe lhe pede para confirmar se o dono de uma certa caixa postal ainda a quer ativa, porem ela não encontra ninguém, e descobre que a dona dessa caixa postal nada mais é que a bela jovem ruiva, ela leva a carta para casa e descobre se tratar de um senhor se comunicando com seu antigo amor.
Marina vive então o dilema de responder ou não a carta.
Em meio a tudo isso ainda tem que frequentar suas aulas de moda para realizar seu sonho de ser uma estilista famosa.

----------------------------------------------------

Simplesmente adorável!!! Não tem como não se apaixonar pela linda história presente nesse livro.
A leitura é rápida e nos conquista a cada página. Sempre queremos saber qual será o próximo passo, o que vai acontecer com Marina, sua família e amigos, e se finalmente ela conseguirá encontrar o amor de sua vida. Esse suspense nos leva até a última página com uma rapidez surpreendente. Li esse livro em dois dias, isso porque estava caindo de sono, literalmente.
-        Alô.
-        É do “O Anjo Carteiro”?
-        Sim?
-        Oi, conheci se trabalho pela internet. Fiquei interessada no serviço e queria saber detalhes...
Página 29.
Eu sabia como o Mauricio escrevia, pois li O Mundo de Vidro, mas não esperava que houvesse uma melhora tão significativa de um livro para o outro. É simplesmente espantoso como ele melhora de O Mundo de Vidro para Ainda não te disse nada. Fiquei surpresa. Mas foi uma surpresa boa.
Os personagens amadurassem ao longo do livro. Marina é um bom exemplo.
No começo ela era insegura, tinha medo de tomar algumas atitudes e acabar quebrando a cara. Ao final da última página ela havia crescido como pessoa e no ambiente de trabalho.
Suas amigas também crescem como pessoas ao longo da história, pois conseguem ajudar Marina apesar de seus problemas pessoais e abrem sua mente para o que possa acontecer em suas vidas ou na vida da amiga.
A única coisa que realmente me intriga na escrita do Mauricio é sua capacidade de deixar o final em aberto e ao mesmo tempo deixando o final implícito em suas últimas palavras. Cabe a nós, leitores imaginar o que realmente aconteceu ou implorar de joelhos ao autor que escreva uma continuação.
A diagramação do livro é simples. Não me lembro de ter encontrado muitos erros de digitação. Mas o que realmente quero destacar é a belíssima capa desse livro. A que retirei do Skoob contem apenas a parte da frente, mas juntamente com a parte de trás forma um belo cenário. Esse livro é daqueles que conquista pela capa e pelo capricho.

Nota:

Um comentário:

  1. Eu simplesmente amo a capa desse livro, não vejo a hora de poder compra-lo. Parece sair muito do clichê e ser uma história realmente revolucionária. Quero muito, como quero!

    http://1livromecontou.blogspot.com

    ResponderExcluir