13 de mar de 2013

Filme - 4 filmes mais nonsense da vida


Hey!

Não são todas as produções Hollywoodianas que dão certo. Algumas, por mais que o elenco seja excelente não saem lá grandes coisas. E algumas ainda, tem um roteirista um tanto quanto perturbado, e bem... O resultado são filmes um pouco - leia-se muito - nonsense.

Foi então que resolvi contar para vocês os 4 filmes mais sem pé nem cabeça que eu já assisti. Enjoy!

  • 4° lugar: Motoqueiro Fantasma 2 - Espírito de Vingança:

Ghost Rider: Spirit of Vengeance 
EUA, 2012 - 95 minutos.
Ação.
Direção: 
Mark Neveldine e Brian Taylor.
Roteiro:
Scott M. Gimple, Seth Hoffman, David S. Goyer.
Elenco: 
Nicolas Cage, Idris Elba, Violante Placido, Ciarán Hinds, Johnny Whitworth, Fergus Riordan, Christopher Lambert.

Sinopse: Nove anos após se transformar no temido Motoqueiro Fantasma, Johnny Blaze se refugia no leste europeu para tentar controlar sua maldição ou, pelo menos, deixá-la escondida da maioria das pessoas. Ele leva uma vida solitária, até ser obrigado a entrar em ação ao ser chamado por um culto para salvar a vida de Danny, de apenas 10 anos. O garoto está ameaçado pelo Diabo, que deseja encarnar em seu corpo.

É muito bom quando o segundo filme segue o padrão do primeiro, né? Obrigada, Marvel!
Pois é, após um filme lindamente construído, onde até mesmo a abertura é completa e totalmente perfeita, a Marvel me aparece com esse filme mais meia boca impossível.
Tenho duas teorias possíveis para esse filme: 1ª: o primeiro filme não seguia os padrões da HQ e tentaram compensar com esse - o que não deu muito certo. 2ª: o primeiro era uma linda adaptação da HQ e resolveram zuar com a cara dos fãs e  fizeram essa coisa nonsense com o segundo filme.
Além de mudaram completamente tudo, - desde o modo como ele assina o pacto até o cara que faz o Diabo - os roteiristas ainda mudaram a forma de transformação do Johnny. O que me deixou extremamente frustada com Motoqueiro Fantasma 2.

  • 3° lugar: O Espantalho:
Husk
EUA, 2011 - 83 minutos.
Terror, Drama.
Direção:
Brett Simmons.
Roteiro:
Brett Simmons, Brett Simmons.
Elenco:
Devon Graye, Wes Chatham, C.J. Thomason, Tammin Sursok, Ben Easter, Josh Skipworth, Nick Toussaint.

Sinope: Cinco amigos em viagem de fim de semana, se vêem perdidos em meio a uma área de fazendas quando corvos começam a atacar seu carro. Logo se dão conta de que os campos de milho estão habitados por espatalhos que se reproduzem matando e forçando suas vítimas a unirem-se a eles. 


Que fique claro que não tenho problema nenhum com filmes de terror, ok? Mas pelo amor de Deus, cadê o cérebro desses roteiristas de hoje?
Assisti esse filme inteiramente por acaso. Estava olhando os filmes que iriam passar naquela semana e me interessei por esse. Mas como tenho um pouquinho de medo de assistir de noite - sozinha então nem se fala - eu resolvi assistir antes do almoço de domingo. Mas quando meu pai chegou no quarto eu estava com aquela cara de "Ahm?". É, pois é!
Até que a história é bem legalzinha, o problema são as filmagens. A ideia é ótima, mas as coisas principais aconteciam de noite, no meio do milharal. Além de ser claustrofóbico ver os personagens andando sem rumo, a iluminação não ajuda, e quando você percebe o cara sumiu. É!

  • 2° lugar: 11-11-11:
11-11-11
EUA, 2011 - 100 minutos.
Suspense, Terror.
Direção: 
Darren Lynn Bousman.
Roteiro:
Darren Lynn Bousman.
Elenco:
Timothy Gibbs, Michael Landes, Wendy Glenn, Lluis Soler, Ángela Rosal, Brendan Price, Salomé Jimenez, Benjamin Cook, Montse Alcoverro.

Sinopse: Joseph Crone é um famoso escritor que se muda para Barcelona após a trágica morte de sua esposa e filho. Lá ele encontra o irmão Samuel e o pai, Richard, que está à beira da morte. Repentinamente Joseph passa a ser atormentado por constantes aparições dos números 11-11, sempre em acontecimentos inexplicáveis. Ele passa a investigar seu significado e logo descobre que se refere a uma data, 11/11/11, na qual um portal se abrirá e uma perigosa força sobrenatural será libertada.

Qual o problema das pessoas com datas que repetem números? É, eu também não sei.
Por algum motivo o diretor de Jogos Mortais achou que seria uma boa ideia fazer um filme onde tudo - e quando eu digo tudo, quero dizer t-u-d-o mesmo - tenha uma relação com o número 11.
Com um roteiro bem viajado, esse filme conta a história de um autor que não tem mais inspiração depois que sua esposa e filho morreram em um acidente. E desde então a vida dele só tem relação com o estranho número 11. (?)
Destacando o motivo para que ele seja nonsense: nos primeiro minutos já tem um cômodo com a porta fechada e do nada aparece o demônio lá dentro. Tipo, WHAT?
Terminei de assistir esse filme com o sentimento de "Peraí, o que aconteceu mesmo?"

  • 1° lugar: A Caixa:

The Box
EUA, 2009 - 115 minutos.
Suspense, Ficção Científica
Direção:
Richard Kelly.
Roteiro:
Richard Kelly.
Elenco:
Cameron Diaz, James Marsden, Frank Langella, James Rebhorn, Holmes Osborne, Sam Oz Stone, Gillian Jacobs.

Sinopse: Norma Lewis é uma professora casada com Arthur, um engenheiro que trabalha para a NASA. Eles têm um filho e levam uma vida tranquila no subúrbio. Um dia surge um misterioso homem, que lhes propõe a posse de uma caixa com um botão. Caso seu dono aperte o botão ele ficará milionário, mas ao mesmo tempo alguém desconhecido morrerá. Norma e Arthur têm 24 horas para decidir se ficarão ou não com a caixa.

A primeira vez que assisti A Caixa, estava passando mal e dormi no meio do filme. Quando terminei pensei comigo: "Não entendi nada porque dormi e sonhei com o que aconteceu. Vou assistir de novo.".
Mas não adiantou muito. Assisti de novo e a mesma sensação de "WHAT?" pairava no ar. Até mais ou menos a metade não é muito nonsense, mas o fim... Deus, eu não entendi nada! Simplesmente o filme mais sem noção de todos os tempos.


2 comentários:

  1. Qeridinha esses filmes nunca foram e nunca vão ser NONSENCE, pesquise mais sobre. xoxo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, não tem nada a ver com nonsense.

      Excluir